Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram

“Conferência Municipal sobre Estar em Situação de Sem-Abrigo”

Funchal volta a debater soluções para as Pessoas Sem-Abrigo a 3 de julho no Baltazar Dias.

A Câmara Municipal do Funchal organiza no próximo dia 3 de julho, no Teatro Baltazar Dias, a III Conferência Municipal sobre Estar em Situação de Sem-Abrigo, subordinada ao tema "Percursos de Inclusão". As entradas são livres, mas sujeitas a inscrição, através do email educacao@cm-funchal.pt. O programa completo inclui oradores regionais, nacionais e internacionais, em representação de cerca de uma dezena de associações.

A Vereadora Madalena Nunes, que tem o pelouro do Desenvolvimento Social na Câmara Municipal do Funchal, antecipa mais uma conferência com muito para dar, destacando desde logo "o caráter especial desta iniciativa municipal, que permite a todos os participantes, não apenas discutir temas de interesse coletivo e ouvirem o trabalho que já é desenvolvido na cidade e no país junto desta população, e que muitas delas desconhecem, mas igualmente ouvirem a experiência de pessoas que vivem ou já viveram na rua, o que nas edições anteriores têm tido um impacto muito grande para todos os presentes."

Terão lugar, ao longo de todo o dia, dois painéis, sendo que da parte da manhã o objetivo será debater a inclusão como uma questão de cidadania e direitos humanos, ao passo que, da parte da tarde, serão afloradas mais em específico as questões de género, e ainda projetos transnacionais neste âmbito, sendo a grande convidada desta edição Catherine Dimaria, Diretora-Geral da Emmaüs Alternatives. Será, ainda, formalmente apresentado o Grupo de Trabalho Interinstitucional que foi formado pela Câmara Municipal do Funchal para intervir no domínio das pessoas em situação de sem-abrigo, e que inclui, além da Autarquia, a Associação Conversa Amiga (ACA), a Associação Médica Internacional (AMI), a Associação Protetora dos Pobres (APP) e o Centro de Apoio ao Sem-Abrigo (CASA).

Madalena Nunes conta, nesta 3ª edição, com mais uma boa adesão do público, "num evento que tem vindo a crescer de ano para ano e a despertar cada vez mais consciências, para o que contribui, sem dúvida, a participação de pessoas de diferentes origens e interesses”, afirmando que “a cidade merece e precisa desta abertura à resolução dos problemas que nos vão assolando, cabendo a todas as entidades públicas e privadas contribuir para que situações como as das pessoas sem-abrigo sejam convertidas em melhores soluções para essa população, para a cidade e para toda a comunidade.”

#Funchal é #MaisInclusão!
 
Inscrição:  Formulário de Inscrição