Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram      Município do Funchal

Serviços OnlineBalcão do Investidoricon consulta pub cmfPDM UrbanismoRecursos HumanosEditaisReabilitação Urbana

O Vereador da Câmara Municipal do Funchal, Rúben Abreu, que tutela o pelouro das Obras Públicas na Autarquia, acompanhou, esta semana, os trabalhos de intervenção nas câmaras frigoríficas do Mercado dos Lavradores. A requalificação representa um investimento municipal de cerca de 13 mil euros, e estará concluída no decorrer da próxima semana.

O Vereador João Pedro Vieira, que tutela o pelouro da Juventude na Câmara Municipal do Funchal, reuniu, na Sala da Assembleia Municipal, com o Conselho Municipal de Juventude, para debaterem a construção do Plano Municipal de Juventude - PMJ. Esta sessão de trabalhos foi a primeira depois do início do processo de desconfinamento e juntou os representantes das diversas associações e organizações juvenis da cidade.

A Câmara Municipal do Funchal vai reabrir ao público, esta quarta-feira, 8 de julho, o Museu Henrique e Francisco Franco e o Museu A Cidade do Açúcar. Estes dois espaços culturais estavam fisicamente encerrados desde o dia 16 de março devido à propagação do vírus da Covid-19, mas mantinham as suas atividades adaptadas às plataformas digitais.

POSEUR RAM PT2020 FC

 

Designação projeto | Aquisição de equipamentos de proteção individual para o reforço da capacidade de resposta e controlo dos incêndios florestais no concelho do Funchal

Código do projeto | POSEUR-10-2016-FC-000462

Objetivo principal | Promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos

Entidade promotora | Município do Funchal

Região de intervenção | Funchal

Entidade beneficiária | Município do Funchal

Data de aprovação | 29-06-2018

Data de início | 01-01-2018

Data de conclusão | 31-12-2018

Custo total elegível | 171.812,03 euros

Apoio financeiro da União Europeia | 128.859,02 euros

Comparticipação do Município (apoio financeiro público regional) | 42.953,01 euros

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos |

  • Aumentar e melhorar a capacidade de intervenção dos BMF em IF, tornando mais eficiente as operações de vigilância e de ataque inicial;
  • Cumprir o dispositivo mínimo de intervenção no âmbito do DROR (Dispositivo de Resposta Operacional Regional);
  • Aumentar a qualidade de vida e a segurança da população que reside ou trabalha nas áreas consideradas de interface urbano florestal;
  • Diminuir os riscos no âmbito da higiene e segurança no trabalho, com especial enfâse na proteção individual dos bombeiros, reduzindo as lesões e os períodos de inatividade e incapacidade;
  • Reduzir os impactos ambientais e paisagísticos decorrentes dos efeitos dos incêndios florestais, trabalhando eficazmente na redução dos períodos de recorrência de grandes IF e na supressão inicial do máximo de ignições possível que ocorram na área do Concelho.

 

 

 

 

 

 

Pág. 16 de 512