Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram      Município do Funchal

Mensagem do Presidente da Câmara Municipal do Funchal

 

Caras e caros funchalenses,

O Funchal é hoje uma cidade com uma identidade verdadeiramente vincada, com prioridades políticas bem definidas e reconhecidas por todos, uma cidade que se evidencia pela sua Sustentabilidade Financeira e Ambiental, pela Equidade e Justiça Social, pela Reabilitação Urbana, pela Inovação e pela Proximidade e Participação Cívica.

São estes os cinco pilares que sustentam o trabalho efetuado por este Executivo nos últimos anos e serão eles que continuarão a marcar o futuro do Funchal.

No campo da Sustentabilidade, podem contar com a manutenção do rigor orçamental que durante tantos anos faltou a esta casa, com o pagamento atempado a fornecedores e com a manutenção da credibilidade recuperada junto dos parceiros comerciais.

Esta é uma política de transparência e responsabilidade que vai continuar a definir aquilo que somos e fazemos, devidamente acompanhada por uma política fiscal responsável e sustentável, em benefícios dos trabalhadores e das famílias.

Destaco, de seguida, a questão da Sustentabilidade Ambiental, um dos objetivos verdadeiramente estruturais para o Funchal na próxima década. Neste capítulo, gostaria de salientar três projetos neste momento em curso na cidade, e que me parecem determinantes para o nosso futuro e para a necessária adaptação e resposta à crise climática: a reflorestação no Parque Ecológico do Funchal, a substituição de todas as redes de água em fibrocimento no concelho e a nova ETAR do Funchal.

O segundo pilar que enunciei, e que marca o Funchal, é a Equidade e Justiça Social, onde o impacto nas famílias do concelho é incontornável. Desde 2013, a Câmara Municipal do Funchal investiu 8 milhões de euros num Fundo de Investimento Social, que além dos apoios à natalidade e à educação, incluiu apoios à aquisição de medicamentos, um subsídio municipal ao arrendamento e programas de promoção do emprego. Foram 8 milhões de euros investidos diretamente nas nossas famílias, com impactos concretos no dia-a-dia dos funchalenses de todas as idades, dos avós aos netos.

Outro dos pilares onde assentará o Funchal de amanhã é a Reabilitação Urbana, o desafio da década para o Funchal, e que nos últimos anos se assumiu como uma das maiores faces da retoma económica da cidade e como motor da nossa economia local. Desde 2014, data da aprovação da primeira Área de Reabilitação Urbana da Madeira, no Centro Histórico do Funchal, são já mais de 100 edifícios reabilitados, beneficiando de um extenso conjunto de benefícios e isenções fiscais, e do acesso a financiamento mais vantajoso para o efeito, ao ponto de nos termos tornado numa referência nacional em termos de Reabilitação Urbana.

O quarto pilar que sustenta o nosso trabalho no Funchal é a Inovação, e tenho a certeza de que, ao longo dos últimos anos, fomos uma das autarquias portuguesas que mais investiu na Modernização Administrativa, afirmando-nos como uma cidade inteligente, marcada por uma cidadania ativa e virada para o futuro.

O último pilar do Funchal enquanto cidade para a próxima geração são as pessoas. Se há matriz que fica desta governação é o apelo sem precedentes à participação cívica. Este é e será sempre um projeto das pessoas e pelas pessoas, e tê-las trazido a colaborar no governo da sua cidade é, sem dúvida, uma das nossas maiores conquistas.

Não posso deixar de enaltecer, por fim, todos os trabalhadores desta nobre instituição que é a Câmara Municipal do Funchal e reiterar que este Executivo manter-se-á sempre ao vosso lado, nos momentos bons e nas dificuldades, porque é isso que dita a lealdade de quem serve esta cidade em primeiro lugar e porque só assim se estabelecem laços de confiança que nos permitam crescer juntos.

Estamos comprometidos com o reforço dos serviços e com a transmissão do conhecimento intergeracional – serão contratados cerca de 250 novos trabalhadores entre 2018 e 2020 -, mas igualmente com a melhoria das condições físicas dos locais de trabalho, com a modernização de equipamentos e recursos materiais, com a promoção da segurança e saúde no trabalho, e com o esforço de valorização profissional, viabilizando a formação contínua dos nossos colaboradores e as mobilidades intercategorias e intercarreiras.

O Funchal teve a coragem de mudar muito nos últimos anos, e mudou para muito melhor. É nesse futuro que acreditamos para a nossa cidade e para a nossa Região, e é por causa dele que continuaremos a marcar a diferença, com esperança e maior qualidade de vida, com cidadania e melhor democracia para as próximas gerações.

 

Viva o Funchal!

 

Miguel Silva Gouveia