Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram      Município do Funchal

quinta, 15 outubro 2020 19:50

Baltazar Dias recebe a 24 e 25 de outubro o V Festival Internacional de Bandolins da Madeira

A Vice-Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Idalina Perestrelo, marcou presença esta tarde, no Teatro Municipal Baltazar Dias, para a apresentação da 5ª edição do Festival Internacional de Bandolins da Madeira, um evento apoiado pela Câmara Municipal do Funchal e que decorre nos dias 24 e 25 de outubro no Teatro.

Idalina Perestrelo, acompanhada pelo promotor Norberto Cruz, em representação da Associação de Bandolins da Madeira, começou por endereçar os parabéns à organização por nestes tempos de mudança em que o sector cultural foi dos mais afetados pela crise pandémica, “ter a coragem de continuar a apostar na realização deste festival que, para além de ser uma celebração do bandolim também enaltece a música com raízes regionais”.

“Este evento tornou-se uma referência a nível internacional e enquanto candidatos a Capital Europeia da Cultura em 2027, o Funchal necessita de continuar a sua aposta na Cultura, afirmando o nosso nome enquanto cidade promotora de experiências culturais ricas e de qualidade, quer para quem aqui vive, quer para quem nos visita. Estamos a contar com todos, mesmo em tempos desafiantes, para fazermos desta candidatura uma realidade”, acrescentou a autarca.

A edição 2020 do Festival Internacional de Bandolins da Madeira traz como novidade a gravação de um documentário, realizado por Cristina Vieira, que tem por objetivo registar e continuar a projetar internacionalmente a tradição do bandolim. O festival tem início no dia 24 de outubro com “Ciglia Ensemble”, constituído pelos músicos António Vieira e Rui Gama, um projeto que representa um conceito inovador no panorama musical português, e termina no domingo, dia 25 de outubro, com “Funchal Baroque Ensemble”, com os músicos António Vieira e Norberto Cruz.  

Idalina Perestrelo concluiu relembrando que “a Câmara Municipal do Funchal confia no talento e no trabalho dos agentes culturais e dos artistas madeirenses e está sempre disponível para apoiar estes eventos que brindam a cidade com oferta cultural de qualidade e levam o nome da nossa cidade além fronteiras”.