Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram

quinta, 08 agosto 2019 12:37

CMF apoia Plano de Combate a Incêndios Florestais na Região com recursos humanos e financiamento

A Câmara Municipal do Funchal volta a apoiar este ano, tal como é usual, o Plano Operacional de Combate aos Incêndios Florestais (POCIF) da Região Autónoma da Madeira, com 14 elementos dos Bombeiros Sapadores do Funchal dedicados a diferentes funções e um apoio financeiro que ascende a cerca de 15 mil euros, destinados a garantir a alimentação de equipas de Combate a Incêndios Florestais dos Bombeiros Voluntários Madeirenses, que integram o POCIF.

O Presidente da Autarquia, Miguel Silva Gouveia, enaltece “o empenho do Município no esforço regional de Proteção Civil para este Verão, salvaguardando quem está na monitorização das nossas serras e na primeira linha de combate em caso de incêndio, e dedicando bastantes profissionais dos nossos quadros a esta tarefa que mobiliza corporações de toda a ilha. A disponibilidade do Funchal é total para tudo o que estiver ao nosso alcance, sendo este um papel que decorre em paralelo a todo o dispositivo de prevenção que temos preparado para o Município, de maneira a que toda a população possa usufruir de um Verão com tranquilidade e segurança.”

No que toca aos Bombeiros Sapadores do Funchal, Miguel Silva Gouveia refere que “temos cinco bombeiros numa Equipa de Combate a Incêndios Florestais, que tripula um Veículo Florestal de Combate Incêndios para ataque ampliado no Funchal e concelhos adjacentes. Outros dois bombeiros compõem uma Equipa Logística de Apoio ao Combate, tripulando um Veículo Tanque Tático Rural ou um Veículo Tanque de Grande Capacidade, conforme as necessidades.”

“No Comando Regional das Operações de Socorro do Serviço Regional de Proteção Civil temos também um elemento de Comando dos Bombeiros Sapadores do Funchal, como Oficial de Ligação, e finalmente, na Equipa Heli Transportada cooperam 4 bombeiros, estando outras 2 bombeiras na reserva”, conclui o Presidente.

O POCIF 2019 vigorará até ao próximo dia 15 de outubro, período que pode vir a ser posteriormente prolongado, em função das condições climatéricas.