Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram      Município do Funchal

quinta, 22 janeiro 2015 17:26

Plano para a energia sustentável

Na reunião de hoje da Câmara Municipal do Funchal foi analisado o primeiro relatório do plano de acção para a energia sustentável, no âmbito do Pacto de Autarcas,  e que contempla a implementação de medidas significativas, neste campo, embora como salvaguardou o presidente Paulo Cafôfo, a sua concretização integral esteja dependente da obtenção de fundos europeus no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio.

Refira-se que em termos de acções para a energia sustentável foi já introduzida tecnologia LED na iluminação pública, nos semáforos e nos túneis da Via 25 de Abril, mais a criação de um plano de melhoria energética com colectores solares no Mercado dos Lavradores e ainda a Semana da Mobilidade.

Também na reunião hoje decorrida foi abordado o Programa Municipal de Formação e Ocupação em Contexto de Trabalho. Nesta iniciativa municipal, o Município do Funchal vai  vai disponibilizar mais de 200 vagas para que pessoas desempregadas, com a escolaridade obrigatória e das mais variadas idades, possam desempenhar funções na autarquia.

Este programa está associado a projectos de formação, procurando além de uma bolsa financeira, dotar as pessoas de capacidades e competências para poderem ter mais oportunidades no mercado de trabalho.

Na reunião da vereação da CMF foi também aprovado o regulamento de atribuição de habitações sociais pertencentes à autarquia. O regulamento assenta em critérios transparentes e rigorosos. «Não pode haver situações dúbias e de falta de transparência. Tem que haver equidade, justiça e a informação tem que ser do conhecimento das pessoas a quem são atribuídas essas habitações sociais», explicou o presidente da autarquia.