Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram      Município do Funchal

sexta, 24 janeiro 2014 18:55

“Câmara à Porta” começa na segunda-feira

O programa “Câmara à Porta”, uma medida social promovida pela autarquia entra já em funcionamento na segunda-feira. Este programa visa proporcionar, gratuitamente, à população idosa e em situação de maior carência e vulnerabilidade social, acesso facilitado a um conjunto de serviços de pequenas reparações no domicílio, tais como, carpintaria, eletricidade, canalização, serralharia, impermeabilização e serviços de pedreiro.

Na apresentação oficial do programa, que hoje aconteceu, o presidente da Câmara Municipal do Funchal apontou ser esta medida o cumprimento de uma das promessas eleitorais da coligação “Mudança”, frisando que o projeto é totalmente realizado com os recursos da autarquia: «cumpre-se uma parte importante da Câmara Municipal do Funchal que é olhar pelas pessoas e estar atenta aos problemas sociais. A nossa função enquanto autarcas só faz sentido se estivermos ao pé das pessoas, se estivermos a trabalhar para elas, e este programa vai ao encontro das pessoas idosas que tenham uma situação precária», concluiu.

Já o vereador Edgar Silva afirmou, na sua intervenção, que embora o programa “Câmara à Porta” não resolva os problemas desta faixa etária, que vive em condições abaixo da média, é um bom começo na resolução dos problemas sociais.

A candidatura ao “Câmara à Porta” efectua-se com o preenchimento de um modelo de requerimento, disponível na Divisão de Atendimento e Informação da autarquia e nas Juntas de Freguesia.

Saliente-se que somente os munícipes residentes no concelho do Funchal, com idade superior ou igual a 65 anos e com a média dos rendimentos igual ou inferior ao valor da Pensão Mínima do Regime Geral de Segurança Social, podem requerer os serviços do “Câmara à Porta”.